quinta-feira, 27 de abril de 2017

Obituário | Ribeirão Bonito: João Roberto Mascaro

Nota de Falecimento:

É com muito pesar que o BMR comunica o falecimento - ocorrido nesta quinta-feira (27) em Jaú - de JOÃO ROBERTO MASCARO, aos 73 anos de idade. Filho de Paschoal Mascaro e de Rosa Lazaretti Mascaro, deixa os irmãos Airton, Carlos, Cristina, Leide, Maria Eliza, Norival e Regina, e 14 sobrinhos. Seu corpo está sendo velado na Igreja Matriz, onde haverá Missa de Corpo Presente às 15h, e o sepultamento está previsto para esta sexta-feira (28), às 16h, seguindo para o Cemitério Municipal de Ribeirão Bonito.

À família enlutada, nossas condolências e nossas orações.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Cem dias de governo | As fases e faces que marcam o início dramático e polêmico da gestão de Chiquinho Campaner

Prefeito de Ribeirão Bonito rompeu com aliados, se isolou politicamente e adotou uma postura autoritária e ditatorial na administração

Marcel Rofeal, da Redação

Fotos: Marcel Rofeal/BMR
Ares nebulosos e dramáticos pairam sobre a Prefeitura de Ribeirão Bonito. Na última segunda-feira (10), o prefeito Francisco José Campaner (PSDB) chegou ao centésimo dia de mandato sem o que apresentar de positivo. Isolado politicamente e sem ouvir auxiliares, Chiquinho é alvo de investigações no Ministério Público Estadual e no Ministério Público do Trabalho, e de quatro denúncias no Legislativo, onde duas Comissões Especiais de Inquérito (CEI) foram abertas.

Eleito no dia 2 de outubro com um discurso de mudanças, Chiquinho Campaner chegou ao poder com 3.132 votos em uma coligação que reuniu cinco legendas partidárias e conquistou oito das nove vagas no Legislativo. “Cada um de vocês é responsável por isso, eu sou apenas um representante seus e vou ser o instrumento dessa mudança que Ribeirão Bonito precisa”, afirmou em seu primeiro discurso após a apuração dos votos e proclamação dos resultados das urnas.

Considerado um homem simples, lutador por seus ideais e que acredita no que sonha e almeja, é ainda teimoso e de opinião forte. Dinâmico, assumiu a responsabilidade empregada pelo eleitorado já no dia seguinte à vitória e passou a promover reuniões diárias para discutir a transição de governo, projetos e ações para os primeiros cem dias da nova administração. Escalou uma equipe de voluntários para um diagnóstico da situação do Município e definir as prioridades do governo.

O novo tempo anunciado por Chiquinho é marcado por incertezas, deslealdade, mentiras e turbulência. Na posse, em 1° de janeiro, o novo prefeito reafirmou seu intuito de não decepcionar a população, mas confirmou a necessidade de adotar medidas amargas. Pediu compreensão à população e conclamou a todos para se unirem ao que chamou de Grupo Ribeirão Bonito, no sentido de ajudar a administração e resgatar o orgulho e a esperança do povo ribeirão-bonitense.

Já no dia 2 de janeiro, se reuniu com funcionários públicos e membros de sua equipe na abertura dos trabalhos, pediu espírito de colaboração e trabalho em equipe. Chegou ao Gabinete dizendo que não haveria perseguições ou opressão, mas o Poder apresentou uma nova face de Chiquinho Campaner. Destemperado, impaciente, autoritário, dissimulado. Agora, é Francisco José Campaner quem gerencia a cidade, sob as rédeas de Edmo Gonçalo Marchetti, o prefeito de fato.

Formado em Direito e assessorado por outros quatro advogados, o prefeito eleito praticou Improbidade Administrativa em seu primeiro ato oficial e fechou-se aos conselhos de profissionais e especialistas. A decisão de Campaner em não seguir orientações dos assessores motivou o primeiro desentendimento com o vice-prefeito Luiz Arnaldo de Oliveira Lucato (DEM). A briga, que ocorreu a portas fechadas no Gabinete, pode ser ouvida em todo o Paço Municipal e nas imediações.

Aliada à teimosia do chefe do Executivo, as articulações de Marchetti na sala ao lado tem agravado o isolamento político de Campaner. O braço direito de Chiquinho criou uma série de intrigas que levaram a exonerações de diversos assessores e ao afastamento de muitos colaboradores da administração. As interferências no andamento dos serviços públicos e desacatos ao próprio funcionalismo são outros fatores que têm gerado prejuízos à sustentação do governo.

No Legislativo, a relação com o prefeito também foi estremecida devido à inconsequência de Chiquinho e seu braço direito. As declarações de que Campaner e seu assessor teriam reunido provas contra os parlamentares em um dossiê caso a Câmara acolhesse denúncias e decidisse abrir uma investigação contra o chefe do Executivo deixaram vereadores indignados. Também a relação com o Judiciário não está nem perto de ser considerada institucionalmente adequada.

Investigado em quatro inquéritos instaurados no Ministério Público Estadual e no Ministério Público do Trabalho, Chiquinho Campaner voltou a demonstrar desequilíbrio ao sair do Paço Municipal, atravessar a Praça dos Três Poderes e afrontar a promotora Laís Fernanda Silva. Também o relacionamento com a imprensa deixou de existir. O chefe do Executivo não concede mais entrevistas, vira as costas para jornalistas e chegou a gritar e desligar o telefone na cara de uma profissional.

As mudanças no discurso de Chiquinho

Chiquinho assumiu a Prefeitura com aproximadamente R$ 2 milhões em caixa para investimentos em Educação, mas manteve sua decisão de reduzir em 35% as despesas e anunciou cortes na merenda, não forneceu uniformes escolares, rompeu com o sistema apostilado de ensino, suspendeu o auxílio a estudantes universitários e o custeio do Programa Bolsa Faculdade. Todas as áreas e contratos com fornecedores foram renegociados e sofreram redução de 35%.

Na Saúde, o chefe do Executivo renegociou o Contrato de Gestão com a Santa Casa de Misericórdia e reduziu o aporte mensal à entidade para R$ 296 mil. No início do ano, os médicos também conversaram com Chiquinho e concordaram com a redução nos seus salários em 35% por até três meses. Ambos os compromissos firmados por Campaner não estão sendo cumpridos. Os repasses à Santa Casa e, consequentemente, os vencimentos dos profissionais estão em atraso.

“A prioridade número um do meu governo vai ser solucionar a falta de água do Jardim Heliana”, dizia Chiquinho antes da posse. O prefeito anunciava que daria prioridade para a folha de pagamentos, mas reservaria os recursos oriundos de tributos e transferências de impostos para esse fim. Já na terceira semana de gestão seria possível sanar o problema em definitivo com a perfuração de poços profundos, um investimento estimado em R$ 400 mil, mas Campaner não quis.

“O homem comum pode falar do problema, conviver com o problema, mas o homem público tem que buscar a solução do problema”, disse Chiquinho em sua primeira entrevista após a eleição. Já depois de assumir, o prefeito parece ter mudado o pensamento. Ao ordenar demissões em massa na Saúde, gerando um passivo superior a R$ 700 mil aos cofres públicos, Campaner criou um novo problema ao atrasar os pagamentos e aguardar a soma das multas.

Também na Saúde, ao promover o fechamento de duas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF), a Prefeitura deixou de receber importantes repasses financeiros do Governo Federal. Mais um problema criado por Chiquinho foi o agravamento da situação de abandono das vias públicas. Primeiro o prefeito ordenou cortes no asfalto, visando ao início da operação tapa-buracos, para depois pensar em adquirir a massa asfáltica, gerando um embate que pode chegar ao Judiciário.

“Uma mudança é o que povo anseia, o povo clama de todos nós. Cada um de nós tem uma parcela dessa responsabilidade”, disse Chiquinho em seu discurso de posse. Ao longo dos cem primeiros dias de sua administração, Campaner mostrou mais do mesmo. Convidou quatro assessores de confiança das últimas três administrações a retornarem aos seus postos, mas manteve “vícios” de antecessores que havia combatido na campanha e acabou conquistando eleitores.

“A Prefeitura anda sozinha, o que prejudica às vezes o funcionamento da administração é o excesso da presença de político, isso incomoda, isso dificulta, porque o político pensa que ele é imprescindível e não o é. Ele cumprindo com sua obrigação, as coisas fluem melhor”, afirmou o então prefeito eleito. Ao tomar posse, Chiquinho centralizou toda a administração e dificilmente deixa o Paço para cumprir seu papel de prefeito. Hoje, Campaner atua como gerente de oficinas.

“Senti que o grupo tinha um projeto para Ribeirão Bonito, senti que ali diziam a verdade e deixei claro que quando há um grupo é preciso também compor, não seria minha imposição”, revelou em entrevista antes da posse. No entanto, ao assumir o mandato, Chiquinho rompeu seu compromisso, esqueceu o grupo e deixou de ouvir orientações. Passou a impor suas decisões, seu pensamento, seus erros, suas mentiras e a afastar quem apresentasse posicionamentos divergentes aos seus.

Vereador por três mandatos e presidente da Câmara de Ribeirão Bonito por duas oportunidades, o atual prefeito Francisco José Campaner também teve uma trajetória conturbada no Legislativo. Sua primeira passagem pela presidência da Casa, em 1983, foi tumultuada e ele renunciou em março de 1984 para evitar uma provável cassação e preservar seu primeiro mandato como parlamentar. Chiquinho era alvo de investigações e já enfrentava graves acusações por possíveis irregularidades.

Diário | Sábado foi dia 15/04/2017

► Dia da Conservação do Solo;
► Dia do Desarmamento Infantil;
► Dia Mundial do Desenhista.

RELIGIOSOS:
► Dia de Santa Anastácia;
► Dia de São Benedito José Labre;
► Dia de São Crescêncio;
► Sábado de Aleluia.

PERÍODO ZODÍACO DE: ÁRIES (21/03 - 20/04).

Fiéis lotam Matriz de Ribeirão Bonito e se revezam em vigília

Celebrações da Semana Santa reuniram multidões também em distrito

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Centenas de fiéis voltaram a lotar a Igreja Matriz da Paróquia Senhor Bom Jesus da Cana Verde, em Ribeirão Bonito, para a tradicional Missa de Lava-Pés na noite da última quinta-feira (13). A celebração recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, além de dar início ao Tríduo Pascal, concluído com a Solene Vigília na noite do Sábado de Aleluia. Logo após a cerimônia, que durou cerca de duas horas, comunidades e pastorais se revezaram por 16 horas em vigília.

Também denominada de Solenidade da Ceia do Senhor, por fazer memória à última ceia em que Jesus lavou os pés de seus apóstolos, instituindo o sacerdócio, e entregando pão e vinho como seus corpo e sangue, a Missa começou por volta das 21h e foi presidida pelo padre passionista José Carlos Pereira. Em alusão à Campanha da Fraternidade 2017, cujo tema foi “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”, 12 fiéis representando os seis biomas do país tiveram seus pés lavados.

Após a celebração, que durou em torno de duas horas e ainda contou com a cerimônia de renovação dos compromissos dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística (Mesce) perante a assembleia, o sacerdote seguiu em procissão pelo templo junto a auxiliares com ambulas, recipientes em que são armazenadas as hóstias consagradas, até uma capela preparada para a Vigília Eucarística, que começou às 23h e seguiu até o meio da tarde da última sexta-feira (14).

Semana Santa – Também em Guarapiranga, distrito localizado a 12 quilômetros de Ribeirão Bonito, a Igreja São João Batista ficou lotada por fiéis durante a Santa Missa, presidida pelo pároco da cidade, padre João Francisco Trovilho Morales, com auxílio do diácono Francileudo Gomes Oliveira de Lacerda. No distrito e na cidade, a Sexta-Feira da Paixão foi marcada por celebrações no meio da tarde e pela tradicional Procissão do Senhor Morto, que reuniu uma multidão à noite.

Grupo teatral conclui primeira temporada de apresentações

‘Sem Limites’ surgiu em atividades desenvolvidas pelo Pelc no município

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Criado a partir das atividades desenvolvidas pelo núcleo local do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc) em Ribeirão Bonito, o grupo teatral Sem Limites concluiu sua primeira série de apresentações da peça “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector. Na tarde da última quinta-feira (13), nas dependências do Ribeirão Bonito Clube (RBC), cerca de 50 jovens, entre estudantes do Colégio Kuarup e integrantes da Guarda Mirim “Joel Rodrigues” prestigiaram a encenação.

A peça é uma adaptação do romance que conta a história de ingênua e sonhadora Macabéa, nordestina recém-chegada do Nordeste ao Rio de Janeiro. De vida simples e sem grandes emoções, começa a namorar Olímpico de Jesus, ambicioso nordestino que a troca por sua amiga Glória, filha de açougueiro, vista como possibilidade de melhora financeira. A obra traz momentos cômicos, mas ainda dramáticos e uma mensagem contra o preconceito e de valorização das pessoas.

Formado por cerca de 10 integrantes, o grupo é coordenado pelo professor Sidney Nascimento. Foram semanas de ensaios até a primeira apresentação, na tarde do dia 25 de março durante o Dia de Lazer do Pelc no Estádio Municipal “Tonico Varella”. Desde então, com diversos patrocinadores, entre eles o Blog Marcel Rofeal, o grupo se apresentou nos dias 30 e 31 de março a alunos da Escola Estadual “Dr. Pirajá da Silva” e nos dias 12 e 13 de abril a alunos do Colégio Kuarup.

Entre os patrocinadores, ainda estão Varejão Opini, On Byte Formação Profissional, Colégio Kuarup, Bellacafé, Toca dos Brutos, Café Ribeirão Bonito, Dina’s Bar e Restaurante, e Ribeirão Bonito Clube. O grupo ainda conta com o apoio da Escola Pirajá. De acordo com os integrantes, uma nova peça está sendo preparada para a segunda temporada de apresentações, prevista para junho, quando outra obra de humor famosa pelo país será encenada: Hermanoteu na Terra de Godah.

Cadeia Pública de Ribeirão Bonito é desativada pelo Estado

Mais de 20 presas foram transferidas a outros dois presídios do interior

Marcel Rofeal, da Redação*

Foto: Paulo Chiari/EPTV
Desativada na manhã da última quinta-feira (13), a Cadeia Pública Feminina de Ribeirão Bonito deverá abrigar apenas presas provisórias nos fins de semana e feriados, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). As 22 detentas que estavam no local foram encaminhadas a presídios de Ribeirão Preto e Pirajuí. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), as transferências seguiram as determinações do Governo do Estado de São Paulo.

Com oito celas, cada uma com dois beliches de alvenaria, a Cadeia Pública de Ribeirão Bonito abrigava presas por tráfico de drogas, estelionato, furto e roubo. Duas delas já eram condenadas pela Justiça e foram levadas para uma unidade prisional de Ribeirão Preto. Outras 20 mulheres que ainda aguardam julgamento foram transferidas em furgões da Polícia Civil para a Penitenciária Feminina de Pirajuí, que fica na região de Bauru, a aproximadamente 200 quilômetros de distância.

O fechamento da Cadeia de Ribeirão Bonito, que já era previsto há cerca de dois anos, dá sequência à política de desativação de cadeias para custódia de presos anunciada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Ainda assim, a transferência das detentas surpreendeu familiares das presas, que só foram informados quando chegaram para as visitas no início da tarde. Também os moradores de Ribeirão Bonito foram pegos de surpresa com a desativação da cadeia.

(*) Com informações do G1 São Carlos e Araraquara

terça-feira, 18 de abril de 2017

Diário | Sexta-Feira foi dia 14/04/2017

► Dia do Patinador;
► Dia do Técnico em Serviço de Saúde;
► Dia Mundial do Café;
► Dia Pan-Americano.

RELIGIOSOS:
► Dia de Santa Ardalião;
► Dia de Santa Liduína (Lidvina);
► Dia de São Benezet;
► Sexta-Feira da Paixão - Feriado Nacional.

PERÍODO ZODÍACO DE: ÁRIES (21/03 - 20/04).

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Obituário | Ribeirão Bonito: Sebastiano Fausti

Nota de Falecimento:

É com muito pesar que o BMR comunica o falecimento - ocorrido nesta quinta-feira (13) em Ribeirão Bonito - do senhor SEBASTIANO FAUSTI, aos 77 anos de idade. Casado com Ana Maria Maggi Fausti, deixa os filhos Emiliano Aurélio e Sabrina Aparecida. Seu corpo está sendo velado no Velório Municipal de Ribeirão Bonito e o sepultamento está previsto para esta sexta-feira (14), a partir das 11 horas, seguindo direto para o Cemitério Municipal de Ribeirão Bonito.

À família enlutada, nossas condolências e nossas orações.

Procissão do Encontro reúne centenas em Ribeirão Bonito

Homens e mulheres percorreram as principais ruas do Centro da cidade

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Centenas de fiéis lotaram a Igreja Matriz da Paróquia Senhor Bom Jesus da Cana Verde na noite desta quarta-feira (12), em Ribeirão Bonito, para uma meditação sobre o Ano Mariano, que celebra o Jubileu dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Brasil e os 100 anos da visão de Nossa Senhora de Fátima em Portugal. A reflexão ocorreu após a tradicional Procissão do Encontro, celebração especial que ocorre durante a Semana Santa.

Duas procissões percorreram as principais ruas do Centro da cidade. Pontualmente às 19h30, o grupo de dezenas de mulheres deixou a Santa Casa de Misericórdia conduzindo a imagem de Nossa Senhora das Dores e rezando o Santo Terço. Simultaneamente, homens da comunidade partiram da Igreja São Benedito com o andor transportando a imagem de Nosso Senhor dos Passos. Os dois grupos seguiram em oração rumo à Igreja Matriz, onde chegaram em cerca de 20 minutos.

No templo religioso, o padre passionista José Carlos Pereira, que presidiu as celebrações da Semana Santa em Ribeirão Bonito, ministrou uma reflexão sobre a importância de Maria na história de Jesus e da Igreja. Durante a meditação, ao destacar a figura da Mãe, o sacerdote também destacou a atuação de Maria Odete Marchetti Yamaguchi, promotora vocacional na comunidade que faleceu na noite de segunda-feira (10). Para ele, ela também foi uma mãe para os religiosos.

Vereador Manezinho assina ao pedido de CEI no Legislativo

É o quinto parlamentar a aderir investigações contra o prefeito Chiquinho

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Único representante da oposição ao prefeito na Câmara, o vereador Manoelito da Silva Gomes (PTB) é o quinto parlamentar a assinar o requerimento que pede a abertura de investigações contra Francisco José Campaner (PSDB) no Legislativo. Na Casa, quatro denúncias de possíveis irregularidades que teriam sido praticadas pelo chefe do Executivo foram protocoladas por um morador. Ao menos duas Comissões Especiais de Inquérito (CEI) estão instauradas.

Outros quatro vereadores já haviam aderido às investigações. Na noite do dia 3 de abril, ao término de sessão ordinária, o próprio presidente da Casa, Dimas Tadeu Lima (DEM), e os vereadores Armando Luís Lombardo Simões (PTN) e José Eraldo Chiavoloni (DEM) haviam assinado ao requerimento. Após a sessão, o vice-presidente da Câmara, Leandro Donizette Mascaro (DEM) voltou ao Legislativo para também assinar ao pedido de abertura das investigações contra Chiquinho.

As quatro denúncias foram lidas em plenário no dia 3 e iniciaram formalmente sua tramitação na Casa, conforme prevê o Regimento Interno. O prefeito responde a irregularidades na contratação emergencial de cerca de 20 servidores para a limpeza pública, irregularidades e crime contra a Saúde Pública devido à falta de tratamento de água no município, prejuízo ao erário por demissões em massa na Saúde e por assédio moral contra servidores públicos durante assembleia sindical.

Diário | Ontem foi dia 13/04/2017, Quinta-Feira

► Dia do Hino Nacional Brasileiro;
► Dia do Office-Boy;
► Dia dos Jovens;
► Dia Internacional do Beijo.

RELIGIOSOS:
► Dia de Santa Ida;
► Dia de São Hermenegildo;
► Dia de São Martinho I.

PERÍODO ZODÍACO DE: ÁRIES (21/03 - 20/04).

Réu em Ação Civil, Chiquinho descumpre ordem judicial

Prefeito de Ribeirão Bonito recontratou servidores após determinação

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Descumprindo a determinação judicial, o prefeito de Ribeirão Bonito Francisco José Campaner (PSDB) renovou contratos com cerca de 20 prestadores de serviços de limpeza pública no município na última segunda-feira (10). A Justiça da Comarca de Ribeirão Bonito havia notificado a Prefeitura a não renovar os contratos sob pena de multa diária por descumprimento da decisão. Chiquinho se tornou réu pela primeira vez em Ação Civil Pública no último dia 30 de março.

A denúncia partiu do Ministério Público Estadual na Comarca de Ribeirão Bonito, que instaurou inquérito em 22 de fevereiro para apurar irregularidades na contratação emergencial de cerca de 20 moradores para a limpeza pública e coleta de lixo urbano no município. Para a promotora Laís Fernanda Silva, os contratos deveriam seguir requisitos legais, como a realização de concurso público ou de um processo seletivo, ou ainda a contratação de empresa em caráter de emergência.

Para o juiz Victor Trevizan Cove, ainda que as contratações tenham ocorrido em caráter emergencial, já deveria estar em tramitação algum procedimento administrativo para contratações, seja de pessoal ou de empresa para a limpeza pública. Segundo ele, os fatos evidenciam o que, no Direito, se chama periculum in mora, o risco de decisão tardia, o que motivou a abertura de ação civil. Ainda de acordo com o magistrado, a situação também gera um risco de dano irreparável.

Em sentença, o juiz determina que o Município inicie e conclua, em até 30 dias, processo administrativo para contratação de uma empresa, em caráter emergencial, para a limpeza pública, contrato que terá vigência de até 180 dias, sem possibilidade de prorrogação, e que a Prefeitura tome providências para contratação de uma empresa definitiva ou promova um concurso público para a execução dos serviços de limpeza pública, incluindo a coleta de lixo, de forma direta ou indireta.

Prefeito Chiquinho é convocado pelo Ministério do Trabalho

Sindicato dos servidores aponta que Campaner desrespeitou servidores

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Leo Passareli/BMR
O Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) acionou o prefeito de Ribeirão Bonito, Francisco José Campaner (PSDB), e outros seis prefeitos da região para negociar, entre outras pautas, o reajuste salarial ao funcionalismo público. Baseado em um estudo realizado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar) foi quem encaminhou o caso à Gerência Regional do Trabalho de Araraquara.

De acordo com o Sismar, Chiquinho não respeitou o processo de negociação em andamento e enviou à Câmara o projeto que prevê apenas a reposição da inflação ao salário dos servidores, um reajuste de 4,69%. A matéria foi aprovada pelo Legislativo em sessão extraordinária realizada no último dia 29. Em reunião com o prefeito no último dia 5, sindicalistas ouviram de Campaner que a Prefeitura não teria recursos financeiros para atender às reivindicações do funcionalismo público.

Ainda de acordo com o Sindicato, um estudo realizado em parceria com a Unesp aponta que Ribeirão Bonito comportaria um reajuste de até 16% no salário e no vale-alimentação sem comprometimento perante a Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo o Sismar, o estudo considerou a evolução da Folha de Pagamento e as finanças do Município nos últimos seis anos e tem por base os dados oficiais do Tribunal de Contas, Tesouro Nacional e Portal da Transparência.

Em sua página na internet, o Sismar aponta que tem promovido assembleias com os servidores desde o início do ano para discutir o assunto e que encaminhou as reivindicações ao Executivo, mas a única resposta que teria recebido para todos os pedidos seria superficial, sem números e prazos, o que não foi aceito pela categoria. Pedidos como recuperação de perdas salariais e mudanças no prazo para a entrega de atestados médicos sequer teriam sido respondidos.

Em busca de apoio, Chiquinho recebe diretores da Amarribo

Assessoria diz que prefeito teria prestado contas a integrantes da Oscip

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Arquivo/BMR
Portas abertas e reunião no Gabinete. Seria uma situação normal em dias de expediente na Prefeitura de Ribeirão Bonito, não fosse um simples detalhe. O prefeito Francisco José Campaner (PSDB) abriu o Paço Municipal em pleno domingo (9), Domingo de Ramos, para uma reunião com diretores da Oscip Amarribo Brasil. Oficialmente, de acordo com informações, o encontro seria para apresentar a situação financeira do Município. Extraoficialmente, as razões seriam outras.

De acordo com a assessoria do Executivo, Chiquinho chamou membros da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) para apresentar planilhas com as relações de receitas e despesas do Município, desde o início da nova administração, além de dar ciência à Amarribo Brasil sobre projetos e ações que estariam sendo estudadas ou já em fase de execução pela Prefeitura. No entanto, fontes ligadas à administração indicam que a pauta do encontro teria sido diferente.

Segundo informações extraoficiais, Campaner teria acionado dois integrantes da entidade em busca de apoio político. O prefeito de Ribeirão Bonito teria abordado questões de interesse da Amarribo Brasil e buscado uma parceria com a instituição, especialmente na execução de ações judiciais movidas com base em denúncias da Oscip contra ex-prefeitos e em investigações contra autoridades em exercício. A Prefeitura de Ribeirão Bonito e a Amarribo Brasil não comentaram o assunto.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Diário | Ontem foi dia 12/04/2017, Quarta-Feira

► Dia da Intendência do Exército Brasileiro;
► Dia do Obstetra;
► Dia Nacional do Humorista.

RELIGIOSOS:
► Dia de São José Moscati;
► Dia de São Júlio I, Papa;
► Dia de São Vítor de Braga.

PERÍODO ZODÍACO DE: ÁRIES (21/03 - 20/04).

Ribeirão Bonito perde, mas se classifica na Taça EPTV 2017

Equipe enfrentou Bueno de Andrada, que venceu de virada por 3 a 2

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Arquivo/Divulgação
O time oficial de Ribeirão Bonito na 21ª Taça EPTV Central de Futsal perdeu em sua segunda partida pela primeira fase na competição. Na noite da última segunda-feira (10), no Ginásio Municipal “Osvaldo Fratuci” de Gavião Peixoto, a equipe enfrentou a seleção de Bueno de Andrada, distrito de Araraquara, e sofreu a primeira derrota na temporada por 3 a 2. Com uma vitória na estreia, o time se classifica em segundo no grupo e avança para a segunda fase do torneio.

De acordo com relatos de espectadores, a partida foi bem equilibrada. O time ribeirão-bonitense saiu à frente, mas logo o adversário empatou. Ribeirão Bonito voltou a ficar em vantagem, mas Bueno reagiu, empatou na sequência e conseguiu virar o marcador nos últimos momentos do jogo. Bueno de Andrada, que estreou com uma vitória por 5 a 0 sobre Analândia, se classificou em primeiro lugar no Grupo 5. Já Ribeirão Bonito também conseguiu a classificação, mas na segunda posição.

Agora no Grupo 19, Ribeirão Bonito volta à quadra na próxima segunda-feira (17). Em Descalvado, no Ginásio Municipal “Osvaldo Cardoso”, a equipe ribeirão-bonitense enfrentará o time de Santa Lúcia, que empatou com Guarapiranga, time já eliminado do torneio, em 27 de março por 6 a 6. Já no dia 24 de abril, Ribeirão Bonito volta a Américo Brasiliense, no Ginásio Municipal “Novênio Pavan Filho”, onde enfrentará Leme. Apenas o primeiro colocado do grupo segue na competição.

Conseg promove reunião com moradores em Guarapiranga

Autoridades e população abordaram os principais problemas do distrito

Marcel Rofeal, da Redação*

Foto: José Baldan/Divulgação
Cerca de 40 pessoas participaram na noite da última segunda-feira (10), no templo da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira no distrito de Guarapiranga, localizado a 12 quilômetros de Ribeirão Bonito, da reunião ordinária promovida pelo Conselho Comunitário de Segurança (Conseg). Autoridades políticas, policiais e eclesiásticas participaram do encontro, que entre outros, discutiu as infrações de trânsito e o descumprimento da Lei do Silêncio no distrito.

De acordo com relatos de moradores às autoridades, é durante o fim de semana que a situação fica caótica em Guarapiranga. À noite, principalmente, nas imediações do Largo São João Batista, veículos estacionados abusam no volume do som e causam transtornos aos moradores vizinhos. Uma sugestão apresentada aos parlamentares, três deles estavam presentes ao evento, e também ao Executivo era a proibição do estacionamento de automóveis ao redor da praça das 22h às 5h.

Também foram apontados problemas quanto a infrações de trânsito, especialmente com motocicletas. Moradores relataram que até menores de idade têm promovido manobras irregulares e perigosas com as motos em plena via pública, o que pode causar acidentes graves, e cobraram maior fiscalização da Polícia Militar. Segundo o capitão PM Wagner Rocha Gonçalves, comandante da 2ª Companhia da PM em Ribeirão Bonito, as blitze devem ser intensificadas em Guarapiranga.

Problemas de infraestrutura no distrito também foram discutidos, mas nenhum representante do Poder Executivo participou do encontro. Entre os presentes, além dos comandantes das polícias Civil e Militar do município, estavam três parlamentares, dois conselheiros tutelares, o presidente da Associação de Moradores e Amigos de Guarapiranga (AMAG) e representantes de denominações religiosas cristãs. A próxima reunião do Conseg será em maio, mas a data não foi divulgada.

(*) Com informações do Blog Baldan News

‘Bola Bacana’ promove integração entre quatro municípios

Projeto atende cerca de 100 alunos da rede pública de Ribeirão Bonito

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Divulgação
Responsável pelo atendimento, durante todo o ano de 2016, de cerca de 400 estudantes, com idades de 7 a 14 anos, da rede pública de quatro municípios da região, entre elas Ribeirão Bonito, o projeto “Bola Bacana 3” iniciou as atividades neste mês de abril com a integração entre os núcleos. No último sábado (8), alunos de Ibaté, Gavião Peixoto e Ribeirão Bonito participaram de uma confraternização com os alunos de Santa Lúcia. As quatro cidades são assistidas.

De acordo com a organização, o dia foi marcado por atividades especiais comandadas por um monitor especialista em animação infantil e lanches distribuídos no final dos eventos. “É sempre importante promover essa integração dos alunos de diferentes núcleos. Eles puderam aproveitar a manhã para conheceram uns aos outros e também para se divertirem em conjunto”, destaca o coordenador Sócrates Júnior. Na integração, os alunos foram divididos por modalidade.

Para o professor Marcos de Jesus, a integração entre os alunos foi muito importante para o sucesso do evento. “Os alunos conseguiram aproveitar o encontro e foi muito positivo para o projeto. Conseguimos unir os núcleos e eles aproveitaram a oportunidade para se conhecer e desenvolver as habilidades nos esportes coletivos e interativos”, salientou. No evento, foram praticadas atividades como futebol, vôlei e badminton. O projeto é realizado pela Associação Pró-Esporte e Cultura.

Diário | Anteontem foi dia 11/04/2017, Terça-Feira

► Dia do Infectologista;
► Dia Mundial da Doença de Parkinson.

RELIGIOSOS:
► Dia da Beata Helena Guerra;
► Dia de Santa Gema Galgani;
► Dia de Santo Estanislau.

PERÍODO ZODÍACO DE: ÁRIES (21/03 - 20/04).

Pedal 2017 reúne mais de 250 ciclistas em Ribeirão Bonito

Organizadores consideram a quarta edição do evento mais um sucesso

Marcel Rofeal, da Redação*

Foto: Blog do Ronco
Pelo quarto ano consecutivo, o Pedal Ciclo Turístico de Ribeirão Bonito foi considerado um sucesso. O evento, realizado na manhã deste domingo (9), reuniu, segundo a organização, mais de 250 ciclistas da própria cidade e da região. A movimentação de atletas no Centro da cidade começou logo cedo, nas primeiras horas do dia, mas a largada deu-se na Rua São Paulo por volta das 8h30. A renda do evento, que ainda não foi divulgada, será destinada a entidades da cidade.

A concentração começou na Praça da Matriz por volta das 7h30, onde os participantes puderam efetuar o check-in. Alguns dos atletas também fizeram suas inscrições no local, pouco antes do pedal começar. A largada em nas duas modalidades, Pró e Light, ocorreu por volta das 8h30. Os ciclistas percorreram entre 25 e 45 quilômetros por trilhas e estradas de terra onde a técnica e o preparo físico foram muito exigidos, mas a recompensa deu-se com as belas paisagens naturais da cidade.

Organizado pela equipe Rota RB Cycle chegou à quarta edição agradando aos participantes. Em 2014, a primeira edição reuniu mais de 200 ciclistas. No ano seguinte, foram mais de 300 atletas. Já no ano passado, o número de ciclistas passou de 400. O sucesso dos eventos motivou a criação do Ciclo Pedal em Guarapiranga, distrito localizado a 12 quilômetros de Ribeirão Bonito. Em sua primeira edição, em outubro do ano passado, cerca de 80 pessoas participaram do evento.

(*) Com informações do Blog do Ronco

Atenção com a Agenda Paroquial da Semana Santa 2017

Paróquia Senhor Bom Jesus da Cana Verde

10/04, Segunda-Feira:
► 07h00 - Missa no Cemitério de Ribeirão Bonito;
► 09h30 - Visita aos enfermos em Guarapiranga;
► 19h30 - Via Sacra na Matriz e nas Comunidades.

11/04, Terça-Feira:
► 07h00 - Missa na Igreja Matriz;
► 19h30 - Via Sacra na Comunidade Guarapiranga;
► 19h30 - Terço da Divina Misericórdia e Palestra sobre o Tríduo Pascal na Igreja Matriz.

12/04, Quarta-Feira:
► 15h00 - Missa com os Doentes na Igreja Matriz;
► 19h30 - Procissão do Encontro em Ribeirão Bonito: As mulheres, com a imagem de Nossa Senhora das Dores, sairão do Hospital e os homens, com o andor de Nosso Senhor dos Passos, saem da Igreja São Benedito;
► 19h30 - Procissão do Encontro em Guarapiranga: As mulheres sairão no Centro Comunitário e os homens do Posto de Saúde.

13/04, Quinta-Feira - Início do Tríduo Pascal:
► 08h00 - Confissões na Igreja Matriz;
► 10h00 - Missa do Crisma e Bênção dos Santos Óleos na Catedral de São Carlos: O bispo e todo o clero se reúnem para as renovações dos compromissos sacerdotais;
► 20h00 - Missa Solene da Ceia do Senhor na Igreja São João Batista em Guarapiranga;
► 21h00 - Missa Solene da Ceia do Senhor na Igreja Matriz;
► 22h00 - Início da Vigília Eucarística em Guarapiranga;
► 23h00 - Início da Vigília Eucarística em Ribeirão Bonito.

14/04, Sexta-Feira da Paixão - Feriado Nacional
► 00h00 - Vigília Eucarística na Igreja Matriz;
► 08h00 - Confissões nas Igrejas Matriz e em Guarapiranga;
► 15h00 - Ação Litúrgica Solene da Paixão do Senhor na Igreja Matriz e em Guarapiranga;
► 19h30 - Celebração da Descida da Cruz na Igreja Matriz;
► 20h00 - Procissão do Senhor Morto em Ribeirão Bonito e Guarapiranga.

15/04, Sábado Santo:
► 09h00 - Confissões na Igreja Matriz;
► 20h00 - Solene Vigília Pascal nas Igrejas Matriz e São João Batista em Guarapiranga.

16/04, Domingo de Páscoa:
► 09h00 - Celebração da Páscoa na Igreja São João Batista em Guarapiranga;
► 10h00 - Missa da Páscoa com as crianças na Igreja Matriz;
► 11h00 - Batizados na Igreja Matriz;
► 19h00 - Missa na Igreja Matriz.