quinta-feira, 17 de julho de 2014

Santa Eliza Eco Resort sedia evento com mais de 30 aviões

Encontro foi promovido junto com a Associação Brasileira de Ultraleves 

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito

Fotos: Marcel Rofeal/BMR
Trinta e três aeronaves leves participaram de um encontro no último sábado (12) na Fazenda Santa Eliza Eco Resort, em Ribeirão Bonito. O evento foi realizado em parceria entre a Santa Eliza e a Abul – Associação Brasileira de Ultraleves – com a presença de aproximadamente 100 pessoas, entre pilotos e convidados. De acordo com a direção da Fazenda Santa Eliza, um novo encontro já está em fase de planejamento e deve reunir aviões acrobatas, mas não há data prevista.

O encontro teve início por volta das 9h, quando o primeiro monomotor aterrissou no Aeródromo Clemente Verillo. A pista, que possui balizamento noturno e está homologada pela Anac – Agência Nacional de Aviação Civil –, tem 1.000 metros de comprimento por 25 metros de largura e conta com um hangar para o estacionamento das aeronaves. Com a previsão de receber dezenas de aviões, um espaço maior foi preparado às margens da pista ainda na noite de sexta-feira (10).

Em solo, os comandantes Antonio Carlos Camargo e Edson Fraga deram orientações aos pilotos; Camargo, que dirige uma escola de aviação no município de Americana, auxiliando nos pousos e decolagens, e Fraga no taxiamento das aeronaves. Além deles, os irmãos Arthur Neto e Eduardo Ferreira também auxiliaram no cadastramento dos aviões e dos pilotos e na organização. Uma equipe com pouco mais de 10 pessoas auxiliou na recepção aos participantes do encontro.

Após conhecerem as dependências da propriedade do empresário Josmar Verillo, cerca de 100 pessoas seguiram ao Restaurante Velho Armazém, dentro do Santa Eliza Eco Resort, onde foi servido um almoço. A Transportadora Timão ajudou na locomoção dos participantes do encontro e, por volta das 14h30, os levou de volta à pista. O primeiro avião decolou às 14h33 e em cerca de uma hora todas as aeronaves deixaram o local. Em alguns momentos houve fila na pista.

De acordo com o gerente da Santa Eliza, Pedro Sérgio Ronco, o evento foi agendado dois dias antes de acontecer e a previsão inicial era de contar com cerca de 10 aeronaves. Em poucas horas, segundo ele, o número passou de 30. Ainda de acordo com Ronco, está em fase de planejamento a realização de um novo evento com aeronaves, mas desta vez com acrobacias. À reportagem do BMR, Ronco falou sobre o projeto de ampliação da pista e dos novos investimentos.

Segundo ele, a pista deve chegar a 1,3 mil metros de comprimento, o que já permitiria o pouso de jatos executivos. Atualmente, com mil metros, a pista pode receber até modelos turboélice. Também se estuda instalar, em uma das cabeceiras, uma área para saltos de asa-delta, uma vez que há um grande vale. Para Ronco, os eventos e os novos investimentos previstos podem beneficiar a região e, ao longo prazo, transformá-la em polo no setor aeronáutico, além de incentivar o turismo.

Nenhum comentário: