Amocempri é apresentada a autoridades em Ribeirão Bonito

Entidade representará moradores do Centro, Morumbi I e II e Primavera 

Da Redação 

Fotos: Divulgação/Amocempri
A Amocempri - Associação de Moradores dos Bairros Interligados (Centro, Jardim Morumbi I e II e Jardim Primavera) - se apresentou oficialmente às autoridades constituídas de Ribeirão Bonito. Em um evento promovido nas dependências do Ribeirão Bonito Clube na noite da última quarta-feira (13), a direção da entidade reuniu o prefeito, três vereadores e representantes de organizações sociais do município. É o primeiro encontro público da associação, oficializada há dois meses.

O evento começou com a composição da Mesa Diretora. Vice-presidente da entidade, o jornalista Marcel Rofeal convidou a presidente Selma Dantas Campaner, o prefeito Wilson Forte Júnior (PMDB), a primeira-dama Heloísa Guedes Torrezan Forte e os vereadores José Sebastião Baldan e Marcelo Antonio Lollato (PMDB) - o vereador Regivaldo Rodrigues da Silva (PSDB) chegou durante o evento - e agradeceu a presença dos demais membros da entidade e de integrantes da sociedade.

Cerca de 30 moradores participaram do encontro. A presidente Selma anunciou as intenções da nova associação e agradeceu o empenho de todos os companheiros da diretoria, falou sobre os benefícios da entidade junto à população e declarou abertos os trabalhos oficialmente. Já o prefeito Nenê Forte, que havia incentivado a formação e o fortalecimento das associações de moradores, declarou que as portas da Prefeitura estão abertas para as reivindicações da população.

Para ele, as entidades são muito importantes para a própria administração, pois ajuda a detectar os problemas da comunidade e a resolvê-los, mas adiantou que não se pode admitir que a associação torne-se uma ferramenta para promover “políticas baratas”. Já o vereador Marcelo Lollato, convidado para palestrar aos presentes, aproveitou a oportunidade para agradecer publicamente ao prefeito pelo convite para assessorá-lo junto à pasta da Administração na Prefeitura.

Segundo Lollato, que contou um pouco da história e das dificuldades encontradas na reestruturação da Associação de Moradores e Amigos de Guarapiranga (AMAG), a união dos moradores em uma entidade representativa é importante para o fortalecimento dos pedidos de melhorias necessários e citou as conquistas para o distrito, que fica a 12 quilômetros de Ribeirão Bonito, como uma torre de telefonia móvel, agências dos Correios e Caixa Aqui e até mesmo uma ambulância.

Estiveram presentes, além de autoridades políticas, Sandra Pessa e Valdete Ferreira, representando a Amarribo Brasil, o pastor Rubens de Moura e a pastora Noemi Antunes de Moura, representando a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Madureira, o diretor de Agricultura do Município Eduardo Tiba, o presidente do RBC Armando Luís Lombardo Simões e os presidentes da AMBI Centenário e da AMAG, Telma Martin Françoso e Osvaldo Rodrigues Pereira, respectivamente.

Histórico - A Amocempri - Associação de Moradores dos Bairros Interligados (Centro, Jardim Morumbi I e II e Jardim Primavera - foi fundada oficialmente no dia 21 de agosto de 2013, mas o seu estatuto foi registrado apenas no dia 22 de maio deste ano no Cartório Oficial de Registro Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de Ribeirão Bonito. Menos de um mês depois, no dia 15 de junho, foi ativada a sua inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), o que a torna apta para atuar.
Amocempri é apresentada a autoridades em Ribeirão Bonito Amocempri é apresentada a autoridades em Ribeirão Bonito Reviewed by Marcel Rofeal on 02:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.