Editorial | Cinco anos e um milhão de acessos depois...

Mensagem especial pelo Aniversário de criação do Blog Marcel Rofeal 

Marcel Rofeal

Era mais um fim de semana como qualquer outro na vida de um adolescente desocupado até que, na noite do domingo, brotou uma inspiração. O prazer pela escrita e a falta de um local para exercitá-la me motivou a reativar minha página na internet. 

Dia 20 de setembro de 2009, uma data que marcaria uma nova fase da minha vida. Desde então, diariamente, dedico horas a esse “filho”, que agora completa cinco anos e já supera a marca inacreditável e inesperada de 1,06 milhão de acessos. 

Algo que começou despretensioso, com o único propósito de ocupar meu tempo de alguma forma - por sinal, da mais prazerosa para mim - e que se tornou um trabalho voluntário, talvez o que mais me proporcionasse dor de cabeça em toda a vida... 

Com o passar dos dias, observando o aumento desenfreado de acessos, percebi que não seria pura e simplesmente uma distração, mas uma responsabilidade. Assumi uma postura diferente daquela que me motivou a reativar o blog, com maior compromisso. 

Percebi que não seria apenas um meio de “brincar de escrever”, de publicar coisas aleatórias, mas sim um meio de comunicação, um portal de informações. Logo, voltei a desempenhar a função de repórter, que havia deixado para trás meses antes ao me desligar da equipe do Jornal Agosto. 

O Perfil Marcel Rofeal, nome que marcou os primeiros meses do blog, adotou um, de fato, perfil mais crítico das situações, com publicações periódicas de opiniões pessoais minhas, o que trazia certa polêmica, gerava discussões e causava muito atrito, às vezes desnecessários. 

Mas ao passar do tempo, ao notar a proporção que aquilo tudo tomava e ao amadurecer, tudo mudou. Nasceu o Blog Marcel Rofeal, ferramenta com a qual assumi o compromisso com a informação do ribeirão-bonitense, a informação real, mas voltada à formação. 

Formação no sentido de proporcionar ao leitor um modo de raciocinar sobre o fato apresentado e tirar suas próprias conclusões, e não impor a ele uma opinião ou determinado ponto de vista sobre uma situação. Um retrato dos principais acontecimentos. 

Foi este veículo que inovou ao trazer a íntegra dos acontecimentos políticos do município, principalmente o conteúdo das sessões da Câmara Municipal, e chegou a pautar a grande mídia, como o Portal G1 (o site de notícias da Rede Globo) e a EPTV Central. 

Inovamos ao modernizar o obituário, que é tradição há décadas em Ribeirão Bonito através da torre da Igreja Matriz, e incluí-lo na internet, o que também foi pautado na última semana em reportagem especial do Jornal Tribuna Impressa e no Portal Araraquara.com. 

A intenção do BMR nunca foi de prejudicar quem quer que fosse, apesar de opiniões contrárias e matérias ou publicações desagradáveis e/ou desconfortáveis. Eu mesmo, muitas vezes em nome da informação real e transparente, acabei magoado por ter que publicar algo com o qual não concordasse, mas não por influência de alguém, e sim pelo dever de transmitir a notícia ao meu público. 

Não foi fácil ultrapassar a marca de UM MILHÃO de acessos em uma cidade com 12 mil habitantes e conquistar público em várias partes do mundo, como Estados Unidos, Alemanha, Malásia, China, Rússia, Portugal, França, Reino Unido, Espanha, Polônia, Turquia, Ucrânia, Egito, Japão, Itália, Paraguai, Venezuela, Bolívia, Argentina, Chile e tantos outros países dos quais recebemos acessos. 

Lembro-me da primeira vez que recebi a informação de que o blog era lido da Holanda, fiquei chocado. Já quando recebi o primeiro comentário vindo da Tailândia, então, nem se fale... Imaginem o sofrimento que foi para traduzir tudo aquilo e compreender a mensagem. É algo extraordinário. 

Cinco anos depois, vendo toda essa caminhada, creio que foi uma inspiração divina. Sair de um marasmo, deixar uma vida monótona, e entrar nesse universo indescritível, dinâmico, que exige horrores, foi algo acertado. 

O blog me abriu inúmeras portas e foi, aliás, é o grande responsável pela minha carreira hoje. Se eu cheguei até o posto de editor-chefe do Jornal Correio D’Oeste foi graças àquelas horas de cabeça quente em frente ao computador para postar as primeiras notas naquele setembro de 2009. 

Se tive o privilégio, para poucos, de chegar ao Palácio do Planalto e ser recebido pela primeira mulher a ocupar a Presidência da República, ainda no primeiro ano de mandato, entrevistar, além dela, ministros de Estado, senadores, deputados e governadores, ficar diante do maior líder do planeta, o Papa, cobrir eventos de caráter internacionais, tudo isso devo àquele dia 20 de setembro. 

Aliás, tantas conquistas e sonhos realizados por meio do Blog Marcel Rofeal foram fruto de muita determinação, de muito empenho pessoal e luta constante contra desafios pessoais, luta contra insultos, perseguições, ameaças e pressões, até da própria família, o que veio a fortalecer uma carreira voluntária, há pouco profissionalizada, mas ainda em construção. 

Uma carreira que recebeu pouco incentivo, mas se fortaleceu ao longo de cinco anos e, neste ano, foi coroada com o reconhecimento pelo Ministério do Trabalho e Emprego através do registro de jornalista profissional emitido no fim de 2013 e oficializado no início deste ano. 

Confesso que em muitos momentos pensei em desistir, abrir mão de tudo, mas algo não me permite fazê-lo. A confiança desse povo que sempre acreditou no meu trabalho, talvez; a necessidade geral da boa e real informação, provavelmente... Não sei, mas sinto que devo continuar, não apenas por mim, pois isso é a minha vida. 

■ Marcel Rodrigues Ferreira de Almeida (20), jornalista responsável pelo Blog Marcel Rofeal e editor-chefe do Jornal Correio D’Oeste.
Editorial | Cinco anos e um milhão de acessos depois... Editorial | Cinco anos e um milhão de acessos depois... Reviewed by Marcel Rofeal on 18:15 Rating: 5

2 comentários:

Sergio Ronco disse...

Parabéns Marcel! Vida longa ao seu blog.
Forte abraço
Ronco

Luiz Adolpho Ianhez disse...

Parabéns Marcel, pelo belo trabalho, com o seu Blog eu posso acompanhar as notícias da minha querida Ribeirão Bonito.
Obrigado.

Luiz Adolpho Ianhez
Curitiba-Pr.

Tecnologia do Blogger.