Editorial | Mensagem Especial pelo 22° Aniversário Natalício

Marcel Rofeal, da Redação 

Ao completar 22 anos, no último domingo (8), repeti o ritual que, há poucos anos, tornou-se tradicional e importante em minha vida. Parei diante de mim mesmo para uma autoanálise e reflexão, me isolei de tudo e todos, e me retirei em pensamento e oração por horas, como sempre o faço. Ao passado, pude olhar com certa nostalgia e saudades. Ao presente, mantive certa cautela para discernir o que tem se passado. Para o futuro, mantenho meu otimismo e esperança para que, com fé, força e foco, possa alcançar os meus objetivos, que outra coisa não visa senão o poder de ajudar o próximo.

Diante de tantas experiências em tão pouco tempo, trago certa nostalgia ao recordar bons momentos e boas passagens que, certamente, não se repetirão. Nostalgia, pois muitas das pessoas que amei e marcaram tão importantes acontecimentos em minha vida já não estão em nosso meio, ou talvez até estejam, mas em outra dimensão; algumas permanecem conosco, porém a distância e outros fatores impedem tamanha proximidade, impedem a boa convivência, impedem até o convívio em harmonia, o que é lamentável.

Sob as luzes do momento presente, devemos ter precaução para análises e decisões. Tudo é muito prematuro e requer muita sabedoria, paciência, coisas que, confesso, peço muito a Deus, pois pouco tenho. Busco sempre agir de modo a não me arrepender depois – quem nunca? –, mas, sobretudo de maneira a promover algo útil, que possa beneficiar outras pessoas. Os próprios textos redigidos neste espaço ou em redes sociais, de minha autoria, outra coisa não quer senão que outras pessoas possam, de alguma forma, tirar proveito diante da experiência e/ou situação de outrem.

Para o futuro, mantenho vivo aquele pequeno garoto, filho de funcionários públicos, vindo de família pobre, que desde muito cedo enfrentou as mais diversas situações e, desde tão cedo, aprendeu a ser um homem de responsabilidades e compromissos. Assumi, talvez por falta de opções, o papel de intermediador nos mais diversos conflitos, familiares ou não, e assumi para mim um papel de responsabilidade sobre as mais diferentes questões para a promoção da paz, do bem. Muitos que já têm convivência comigo até me questionam, às vezes, sobre a necessidade de tal responsabilidade, porém nunca encontro outra resposta senão esta: sinto que é minha obrigação fazer o máximo que eu posso por aquilo que acredito ser correto.

Mantendo vivo esse menino, mantenho acesa a chama da esperança, do otimismo. Acredito, sim, que tudo possa melhorar, a começar por nós mesmos. Vivo cobrando isso de mim mesmo, por sinal, e por isso, talvez, minha reclusão num “mundo paralelo”. Sinto a necessidade de maior contato com as pessoas, de transmitir maior afeto, atenção e carinho às pessoas, porém, eu mesmo crio um escudo que impede esse relacionamento interpessoal. Por isso, aproveitando o ensejo, peço que, se tiverem a oportunidade e a vontade, se aproximem, puxem assunto, pois não sou antipático, antissocial, arrogante, pelo contrário, apenas tímido demais e preocupado idem.

No entanto, na conclusão de mais um ciclo de vida, não foi possível deixar de sentir tamanha emoção com as inúmeras demonstrações de carinho e afeto de conhecidos e desconhecidos, amigos, familiares, pessoalmente, por telefone ou por mensagens, enfim, sou grato a cada um simplesmente por existir e grato a Deus por colocar pessoas assim em meu caminho. Em mim, afirmo-lhes, vocês podem contar que terão um amigo, um irmão, um conselheiro ou simplesmente um ombro amigo, nos momentos mais diversos. Por outro lado, porém, peço apenas um favor em troca, e é com este pedido que concluo esta breve mensagem: incluam-me em suas orações, para que eu tenha saúde e força, e possa seguir nessa difícil jornada em busca dos meus sonhos, em busca de um futuro melhor para todos nós. 

■ Marcel Rodrigues Ferreira de Almeida (22), jornalista, responsável pelo Blog Marcel Rofeal e editor-chefe do Jornal Correio D’Oeste.
Editorial | Mensagem Especial pelo 22° Aniversário Natalício Editorial | Mensagem Especial pelo 22° Aniversário Natalício Reviewed by Marcel Rofeal on 02:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.