segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Eleições 2016 | Luiz Marcelino dos Santos Pallone é indicado a vice-prefeito na chapa de Paulo Veiga

PTB, PPS e PRB coligam na majoritária; siglas devem lançar 26 nomes 

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito 

Foto: Marcel Rofeal/BMR
Em convenção realizada neste domingo (31), no Jardim Morumbi, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) confirmou a candidatura do ex-prefeito Paulo Antonio Gobato Veiga e surpreendeu ao indicar o vereador e ex-presidente da Câmara Luiz Marcelino dos Santos Pallone para concorrer a vice-prefeito. A reunião, que foi fechada à imprensa, ocorreu na casa de Veiga. Segundo o PTB, a chapa tem o apoio do Partido Popular Socialista (PPS) e do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

De acordo com o diretório do PTB em Ribeirão Bonito, o nome de Pallone já era trabalhado havia cerca de um ano, mas o parlamentar só teria concordado com a indicação na noite do último sábado (30). Aos 51 anos, Pallone é farmacêutico e empresário. Foi eleito vereador pela primeira vez em 2000, ainda filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), e obteve a segunda maior votação na oportunidade, sendo conduzido à vice-presidência da Câmara entre 2001 a 2002.

Na disputa pela reeleição, já filiado ao extinto Partido Liberal (PL) em 2004, ficou como suplente, mas voltou ao Legislativo em maio de 2007, reassumindo a presidência da Casa até o fim de 2008. Reeleito pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), sigla na qual permaneceu filiado até o início deste ano, Pallone manteve seu mandato na Câmara entre 2009 e 2012. Ainda no PSB, foi reeleito em 2012 para seu quarto mandato, de 2013 a 2016, sendo o parlamentar há mais tempo em exercício.

Ainda segundo o PTB, o partido coligou com o PPS para as eleições proporcionais, que deve apresentar 16 nomes para a disputa ao Legislativo, entre eles o do vereador Manoelito da Silva Gomes (PTB) e dos ex-vereadores Aparecido Donizete Galhardo e Carlos Alberto Motta de Santana (PTB). De acordo com o partido, outros 10 nomes devem ser apresentados pelo PRB, que faz parte da coligação apenas na eleição majoritária. Os registros devem ser oficializados até sexta-feira (5).

Nenhum comentário: