terça-feira, 9 de agosto de 2016

Violência gratuita assusta jovens no Parque Emygdio Lucato

Quatro garotas foram atacadas por dois rapazes nesta segunda-feira 

Marcel Rofeal, da Redação 

Foto: Arquivo/BMR
Uma atitude violenta e sem explicação assustou um grupo de amigas na noite desta segunda-feira (8) no Parque Emygdio Lucato, que integra o conjunto de bairros das Malvinas, em Ribeirão Bonito. Quatro jovens foram surpreendidas e atacadas por dois rapazes enquanto conversavam em frente à casa de duas delas na Rua Descalvado. Duas jovens de 20 anos foram violentamente agredidas por um deles. Os agressores, segundo as vítimas, aparentavam estar alterados.

Segundo relatos das vítimas, o caso ocorreu por volta das 21h30. As quatro jovens, duas delas irmãs, e uma criança estavam na calçada, conversando, quando dois rapazes se aproximaram e se sentaram na calçada. Falando alto, a dupla acabou interrompendo a conversa das meninas, que se assustaram. Um dos rapazes se levantou e se dirigiu ao grupo pela primeira vez, oferecendo uma blusa a uma das meninas, que se recusou. O outro rapaz teria incitado o primeiro à violência.

“‘Então não quer a blusa? ‘Tá’ tirando? Eu, de você, dava na cara dela’ [um dos agressores teria estimulado o outro]. Do nada, aí a gente já começou a ficar com medo, ele tirou [blusa] e deu uma ‘blusada’ nela”, relatou uma das jovens. Enquanto o outro estimulava, um dos rapazes partia para agressões físicas e se voltou a duas das garotas, que teriam sido confundidas com garotos, e teria acertado um soco no olho de uma delas. As meninas correram para dentro da casa.

“Foi muito do nada”, disse uma das garotas. Segundo ela, ainda assustado, o grupo se trancou dentro da casa e acionou a polícia, que não teria aparecido. Outra jovem ainda relatou uma espera de cerca de 20 minutos pela chegada da polícia e se queixou da falta de segurança. De acordo com informações, os agressores seriam conhecidos no por envolvimento com drogas e, segundo as vítimas, aparentavam estar sob o efeito de entorpecentes. “Foi nojento ver aquilo”, disse uma delas.

Um comentário:

Renato disse...

Boa tarde Marcel!
Esclareço que a Polícia Militar está sempre a disposição para atender a qualquer ocorrência policial em Ribeirão Bonito e para qualquer esclarecimento. Gostaria de deixar consignado que realmente houve solicitação através do telefone 190 a qual se deu por volta das 22h33min conforme registro em Ribeirão Preto, pois tudo é registrado na Polícia Militar. Como sabemos, só existe uma viatura no atendimento 190 e esta executa o policiamento em toda a cidade, inclusive na área rural, quando há necessidade. Estou a disposição!
Abraço.
Cap PM Gonçalves