terça-feira, 18 de outubro de 2016

Voluntários iniciam transição de governo em Ribeirão Bonito

Equipes participaram de reuniões durante todo primeiro dia de trabalho

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito 

Fotos: Marcel Rofeal/BMR
Começaram nesta segunda-feira (17) os trabalhos da equipe de voluntários escalada para a transição de governo em Ribeirão Bonito. As reuniões começaram ainda pela manhã e seguiram durante todo o dia em diversos setores da administração pública, algumas delas tiveram a presença do prefeito eleito Francisco José Campaner (PSDB). Os trabalhos terão sequência nesta terça-feira (18), data em que o processo de transição chega ao Departamento de Educação.

Às 9h, no Departamento de Assistência e Desenvolvimento Social, Chiquinho Campaner e sua equipe foram recebidos pela diretora Vera Lúcia Simões Celestino e por funcionários da pasta. Em reunião ao longo do dia, os três voluntários que integram a equipe de transição no Setor Social questionaram sobre a situação da pasta, projetos desenvolvidos, cursos oferecidos, aplicação de recursos repassados por outras esferas governamentais e distribuição de benefícios e cestas.

Enquanto uma reunião ocorria, outra estava em curso. No Centro Social Comunitário, representantes da equipe de transição foram recebidos pelo diretor do Departamento de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo Ricardo Perrone. Durante o encontro, que também teve a presença do prefeito eleito Chiquinho Campaner no fim da manhã, foram tratados os principais eventos esportivos da cidade e principalmente as condições financeiras da pasta, que também recebe poucos recursos.

Já na Prefeitura, voluntários das equipes de Obras e Serviços Públicos, e Recursos Humanos tiveram o primeiro contato com funcionários da administração ainda pela manhã e traçaram um cronograma dos trabalhos. À tarde, o vice-prefeito eleito Luiz Arnaldo de Oliveira Lucato (DEM) e dois advogados que também integram a equipe de transição visitaram o Paço Municipal, se reuniram no Departamento Jurídico, e nos setores de Recursos Humanos e de Compras e Licitações.

Nanado, Childer Carlo Candido e Leandro Prado pediram informações sobre os processos em curso e solicitaram todos os contratos em vigência com a Prefeitura para estudar possíveis rescisões, uma vez que a determinação da nova administração é cortar gastos. Em conversa com o prefeito Wilson Forte Júnior (PMDB), os integrantes da comissão de transição do Jurídico voltaram a questionar a situação financeira da Prefeitura e esclarecer outros pontos que serão analisados.

Também à tarde, na Santa Casa de Misericórdia, a equipe de transição da área da Saúde teve acesso aos principais dados da entidade, principalmente com relação ao repasse de recursos da Prefeitura, e discutiu possibilidades de redução de despesas. Todas as equipes de voluntários farão relatórios sobre as reuniões para apresentar ao prefeito eleito um panorama do Município, o que ajudará Chiquinho e sua equipe a traçar as prioridades para os primeiros cem dias de governo.

Um comentário:

Cesar Gavioli disse...

Sim. Começa a construção, e toda obra tem de se iniciar pela base, assim colunas fortes são inevitáveis. Ótimo recomeço.