segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Provedor da Santa Casa é hospitalizado na UTI após infarto

Moacyr Nunes da Silva permanece internado em hospital de Araraquara 

Marcel Rofeal, da Redação 

Foto: Arquivo/BMR
O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Bonito e ex-vereador Moacyr Nunes da Silva (PSB) foi hospitalizado na manhã do último sábado (18) após sofrer um infarto. Silva passou mal e foi atendido no Pronto Socorro Municipal, mas transferido no fim da manhã ao Hospital São Paulo, em Araraquara, onde segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O ex-vereador, de 73 anos, foi submetido a dois procedimentos cirúrgicos, mas está bem.

De acordo com informações, Moacyr se queixou de dores no peito e decidiu procurar atendimento no Pronto Socorro de Ribeirão Bonito por volta das 10h de sábado. Ele recebeu os primeiros cuidados na unidade e um eletrocardiograma confirmou o quadro de infarto do miocárdio. O provedor da Santa Casa foi encaminhado às pressas à Unidade de Emergência do Hospital São Paulo de Araraquara, onde deu entrada consciente e conversando, e foi submetido a dois procedimentos.

Após passar por um cateterismo, que detectou a necessidade de uma angioplastia, o ex-vereador teve que receber dois estentes em artérias lesionadas para revascularizar o miocárdio. Segundo a família, o procedimento transcorreu dentro da normalidade e Moacyr foi transferido à UTI, onde o quadro de saúde seria avaliado. O prefeito Francisco José Campaner (PSDB), por meio da assessoria, ofereceu toda a assistência necessária ao provedor da Santa Casa e à família.

Moacyr Nunes da Silva ocupa a Provedoria da Santa Casa de Ribeirão Bonito pela segunda vez. Ele já havia desempenhado a função à frente da entidade entre janeiro e julho de 2011, e voltou ao cargo em janeiro deste ano. No Legislativo, Moacyr foi suplente e assumiu uma cadeira na Câmara entre 2007 e 2008, mas voltou a exercer a função de vereador entre 2011 e 2012. Novamente candidato a vereador nas eleições de outubro do ano passado, Moacyr recebeu 90 votos.

Nenhum comentário: