segunda-feira, 29 de maio de 2017

Fãs de Kid Vinil prestam homenagens em Ribeirão Bonito

Ex-vocalista da banda Magazine se apresentou na cidade há três anos

Marcel Rofeal, da Redação

Foto: Arquivo/BMR
Foi sepultado na tarde deste sábado (20), no Cemitério Vila Mariana de São Paulo, o corpo do cantor, apresentador e radialista Antônio Carlos Senefonte, o Kid Vinil. O artista morreu na tarde de sexta-feira (19) depois de passar mais de um mês internado após uma parada cardíaca. Sucesso na década de 1980, o ex-vocalista do grupo Magazine esteve em Ribeirão Bonito em agosto de 2013, onde animou a festa “Não se reprima”, evento que reuniu cerca de mil pessoas.

Kid Vinil foi a principal atração de um dos maiores eventos da história recente de Ribeirão Bonito. Além dele, os DJs ACMJ e Gui Mesquita, além da Banda Radar 47, também animaram a festa. O cantor subiu ao palco no início da madrugada, por volta da 1h, e agitou a multidão nas dependências da Sociedade de Natação Primavera Clube. No repertório, os principais clássicos que marcaram a carreira, como “Sou Boy”, mas o sucesso que levantou o público foi “Tic Tic Nervoso”, febre da época.

Pelas redes sociais, ribeirão-bonitenses repercutiram a morte de Kid Vinil com imagens da festa, onde o artista fez questão de posar para as fotografias com os fãs e admiradores. Organizador do evento, o vereador Armando Luís Lombardo Simões (PTN) recordou a passagem do cantor por Ribeirão Bonito e destacou a simpatia e a humildade como as principais características do músico. Aos 62 anos, Kid Vinil era diabético e passou mal após uma apresentação no interior de Minas Gerais.

Nenhum comentário: