domingo, 4 de junho de 2017

Dezenas de pessoas participam de audiência pública sobre a Santa Casa na Câmara de Ribeirão Bonito

Plenário do Legislativo ficou completamente lotado. Representantes da Casa, da Prefeitura e da entidade abordaram dificuldades e problemas

Blog Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito

Foto: Léo Passareli/BMR
O Plenário “Vereador Emygdio Lucato” da Câmara de Ribeirão Bonito ficou lotado na noite desta terça-feira (30) durante a audiência pública promovida pelo próprio Legislativo em parceria com a Santa Casa de Misericórdia que teve como objetivo apresentar a realidade financeira atual da entidade e discutir o descumprimento do Contrato de Gestão firmado com a Prefeitura para a gerência de postos de saúde e do Pronto Socorro Municipal. A reunião durou cerca de duas horas e meia.

A audiência teve início pouco depois das 19h30 e teve a presença de oito dos nove vereadores, além do prefeito Francisco José Campaner (PSDB) e da assessora do Departamento de Saúde Maria Eliza Lazarini Alboleia, do provedor da Santa Casa Marcel Rofeal e assessores contábil e jurídico, além de dezenas de servidores públicos e da própria Santa Casa, enfermeiras, representantes de entidades do município e moradores. O plenário, com capacidade para quase 100 pessoas, ficou pequeno.

Para a Santa Casa, o intuito do encontro era revelar um déficit financeiro milionário acumulado no último ano em decorrência de irregularidades na transferência de recursos do Município por meio do Contrato de Gestão, bem como a retenção de recursos públicos destinados ao mesmo termo de parceria por parte da Prefeitura. Por outro lado, o chefe do Executivo afirmou cumprir suas obrigações e repassado valores acima do previsto, e disse não reconhecer dívidas de seu antecessor.

Durante toda a audiência, tanto por parte da Santa Casa quanto do próprio parlamento, de populares e até de assessores do Executivo, a necessidade de diálogo entre as partes foi destacada e a sugestão de instalação de uma Comissão Mista, com representantes da Prefeitura, da Santa Casa, da Câmara e da sociedade, foi vista como uma possível solução para o problema, considerado uma emergência. Os nomes que comporão a comissão devem ser apresentados nos próximos dias.

Confira mais detalhes da audiência pública no Blog do Ronco

Nenhum comentário: