Chiquinho suspende transporte escolar a estudantes da zona urbana e gera revolta

Serviço sempre foi oferecido pela Prefeitura Municipal, mesmo sendo facultativo. Executivo alega corte de repasses estaduais

Por Marcel Rofeal

Em 2014, Estado entregou quatro ônibus escolares
à Prefeitura de Ribeirão Bonito (Foto: Marcel Rofeal)
RIBEIRÃO BONITO/SP - Uma decisão polêmica tomada pelo prefeito Francisco José Campaner (PSDB) gerou revolta entre pais e estudantes na última semana. Com a retomada do ano letivo, nesta segunda-feira (4), o chefe do Executivo Municipal determinou a proibição do transporte escolar para estudantes da rede pública de ensino que residam no perímetro urbano, permitindo apenas o transporte de alunos moradores na zona rural. Chiquinho alega que a determinação tem como base uma Resolução de 2011 do Governo Estadual.

Mais de uma dezena de veículos destinados exclusivamente ao transporte escolar ficarão parados ao longo do dia. A frota escolar do Município sempre comportou a rotina por entre estradas rurais e vias urbanas, uma vez que as administrações anteriores conseguiram conciliar as linhas urbana e rural; as duas últimas gestões, no entanto, decidiram pela adoção do sistema terceirizado, mas manteve ambos os serviços. De acordo com o Governo Chiquinho Campaner, a mudança estaria embasada em uma decisão do Governo do Estado que suspenderia o repasse de recursos para o transporte escolar.

Ocorre que a Resolução apresentada pela Prefeitura em nada diz respeito ao transporte de alunos da rede municipal, mas apenas e tão somente à rede estadual. Nesse sentido, estaria prejudicado apenas o transporte para alunos da Escola Estadual Dr. Pirajá da Silva que morem em bairros distantes da unidade e que teriam de recorrer a outros meios para chegar à escola. No entanto, o maior volume de estudantes que precisam do serviço, pois moram em bairros periféricos, estão matriculados nas escolas Lélia Cecília e Coronel Pinto Ferraz, que são instituições municipais.

Comunicado afixado em escola (Blog do Ronco)
Com base na mesma Resolução da Secretaria de Estado da Educação, o serviço de transporte escolar no perímetro urbano deve ser realizado com recursos próprios da Prefeitura, que em Ribeirão Bonito não é novidade. Por essa razão, também não se justificaria a decisão do chefe do Executivo, que afirma ter mais de R$ 11 milhões em caixa. Em comunicado, a Prefeitura informou que os estudantes residentes em bairros afastados do Centro receberão passes gratuitos para chegarem às escolas por meio do transporte coletivo circular, desde que os pais solicitem o auxílio junto ao Executivo.

A notícia causou polêmica nas redes sociais e gerou indignação e revolta entre os moradores, em especial entre os pais de alunos e os próprios estudantes. Um grupo chegou a mobilizar uma manifestação para a noite desta segunda-feira (4), a partir das 19 horas, em frente à Câmara Municipal de Ribeirão Bonito. Também na noite desta segunda, mas a partir das 20 horas, ocorrerá a primeira Sessão Ordinária do Legislativo nesse ano e a expectativa é de que o assunto seja um dos principais alvos de discussão entre os parlamentares.
Chiquinho suspende transporte escolar a estudantes da zona urbana e gera revolta Chiquinho suspende transporte escolar a estudantes da zona urbana e gera revolta Reviewed by Marcel Rofeal on 18:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.