quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Após uma semana, Banco do Brasil retoma suas atividades

Bancários aceitaram as proposta de reajustes salariais e em benefícios 

Marcel Rofeal, da Redação 

Foto: Arquivo/BMR
Depois de uma semana de paralisação, profissionais do Banco do Brasil de Ribeirão Bonito decidiram encerrar na última terça-feira (7) a greve iniciada no último dia 30, terça-feira da semana passada. Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), os bancários aceitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Seguem em greve agências do Banco da Amazônia, Banrisul e Banco do Nordeste.

Os trabalhadores decidiram pela greve em assembleia no dia 27 de setembro e reivindicaram reajuste salarial 12,5%, 14° salário e aumento dos valores de benefícios como vale refeição, auxílio creche e gratificação de caixa. Até a noite da última sexta-feira (3), mais de 10,3 mil agências bancárias estavam fechadas devido à greve em todo o país. Na madrugada de sábado (4), a Fenaban propôs reajuste de 8,5% nos salários, elevação de 9% nos pisos salariais e 12,2% no vale refeição.

Nenhum comentário: