Moradores recordam vítimas de tragédia em Ribeirão Bonito

Sepultura com três dos quatro jovens recebeu grande número de flores 

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito 

Foto: José Sebastião Baldan/Colaboração
Mesmo entre os percalços durante a visitação, milhares de moradores frequentaram os cemitérios em Ribeirão Bonito e no distrito de Guarapiranga, que fica a 12 quilômetros da cidade, nesta segunda-feira (2). O Dia de Finados, uma tradição desde o século XII quando a Igreja Católica instituiu o dia 2 de novembro para a memória de todos os falecidos, geralmente é marcado por homenagens aos entes que partiram, mas também pela saudade aos que ficaram.

Em Ribeirão Bonito, pouco menos de três meses depois da tragédia que comoveu toda a população, a sepultura mais visitada nesta segunda-feira e que, ao fim do dia, mais parecia um canteiro de flores é a que abriga três dos quatro jovens que morreram no acidente do dia 8 de agosto. A princípio, os corpos seriam mantidos no local até a conclusão dos trabalhos de identificação pelo Instituto Médico Legal (IML), o que deveria ter ocorrido em, no máximo, um mês após a tragédia.

Para a Igreja Católica, que celebrou duas missas no Cemitério de Ribeirão Bonito, às 7h e às 18h, é uma oportunidade para rezar por todas as almas, principalmente para aquelas que foram esquecidas, o que é retratado através do abandono de diversas sepulturas em nossos cemitérios. Durante Missa, o padre João Francisco Trovilho Morales destacou a importância de dedicarmos as orações às almas do Purgatório, que, na visão da Igreja, passam por um processo de purificação.
Moradores recordam vítimas de tragédia em Ribeirão Bonito Moradores recordam vítimas de tragédia em Ribeirão Bonito Reviewed by Marcel Rofeal on 21:45 Rating: 5

Um comentário:

Indignada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tecnologia do Blogger.