terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Atendimento em AGC é prejudicado por falta de condições

Moradores apontam infiltrações nas instalações inauguradas em 2014 

Marcel Rofeal, da Redação 

Foto: Arquivo/BMR
A Agência Comunitária dos Correios “Osvaldo Ferro”, a AGC de Guarapiranga, distrito que fica a 12 quilômetros de Ribeirão Bonito, já precisa passar por reformas. Pouco mais de um ano e quatro meses após a inauguração da nova unidade, moradores afirmam que as instalações sobre com infiltração e o atendimento fica prejudicado especialmente em dias de chuva. O assunto foi levantado em reportagem publicada no Jornal Correio D’Oeste.

De acordo com o impresso, funcionários e os próprios usuários da AGC estão preocupados com a situação do prédio. Em dias de chuva, segundo relatos, vários baldes são colocados para aparar as goteiras, mas o chão ainda assim fica inundado. No teto, sinais evidentes de infiltração são vistos em vários pontos. Segundo populares, os serviços oferecidos acabam prejudicados devido à falta de condições de operação e de atendimento ao público, que chega a ser interrompido.

Com base na publicação, com data do último domingo (24), os moradores afirmam que a Prefeitura de Ribeirão Bonito já foi procurada e informada sobre a necessidade de efetuar obras de reparos na unidade, mas teria dito que não dispõe de recursos para efetuá-las e ainda que os trabalhos seriam de responsabilidade dos Correios, e não do Município. A reportagem ainda não conseguiu contato com representantes da Prefeitura Municipal para esclarecer o assunto.

Um comentário:

Emerson Andrade disse...

Mas casos assim do prédio estando em avaria, e o mesmo deve ser alugado para a prefeitura dependendo do contrato de aluguel quem teria que fazer esse tipo de reforma seriam os proprietários legais do prédio e não o locatario do prédio, pelo meu ponto de vista