sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Moradores ainda sentem efeitos do rompimento de adutora

Parte de Ribeirão Bonito enfrenta falta de água desde a manhã de terça 

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito 

Foto: Divulgação/PMRB
Moradores de parte da cidade sentiram, ainda nesta quinta-feira (4), os reflexos do rompimento de uma adutora na zona rural de Ribeirão Bonito. O incidente, desde a última terça-feira (2), prejudicou o abastecimento em parte do Centro e nos bairros Jardim Primavera e Jardim Morumbi I e II. Segundo relatos, algumas residências chegaram a ficar dois dias sem água. De acordo com a Prefeitura, os reparos na tubulação foram concluídos na noite de quarta-feira (3).

O rompimento da adutora na manhã de terça mobilizou, desde as primeiras horas, funcionários do Serviço de Água e Esgoto (SAE) e do Departamento de Obras da Prefeitura. Em nota, o Município afirmou que o abastecimento poderia ser prejudicado à tarde, mas o serviço estaria normalizado até o início da noite. Mas moradores do Jardim Primavera e do Jardim Morumbi enfrentaram a falta de água durante todo o dia. Segundo a Prefeitura, o mesmo incidente se repetiu no dia seguinte.

Na manhã de quarta, o mesmo trecho da adutora voltou a se romper e funcionários da municipalidade voltaram ao local. Os serviços, no entanto, se estenderam e, de acordo com informações, teriam sido concluídos apenas por volta das 20h30. Devido à falta de água, o caminhão-pipa da Prefeitura chegou a ser usado para reabastecer os reservatórios afetados, incluindo o da Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Bonito, que também chegou a ficar sem água no início da noite de quarta.

Nenhum comentário: