sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Prefeitura renegocia e reduz em 35% valores dos contratos

Segundo o prefeito, a meta é cortar 35% das despesas ainda neste ano 

Marcel Rofeal, de Ribeirão Bonito 

Foto: Arquivo/BMR
Começam a ficar visíveis as primeiras mudanças em virtude das medidas de contenção de despesas adotadas pela administração do prefeito de Francisco José Campaner (PSDB). Repartições públicas com novo endereço e  prédios públicos do Município reaproveitados são os primeiros sinais de rescisões contratuais de locação de imóveis. De acordo com a Prefeitura, outros contratos em vigência foram renegociados e tiveram os valores reduzidos em 35%.

Em entrevista no dia 31 de dezembro, a última enquanto prefeito eleito, Chiquinho Campaner anunciou que enxugaria a máquina pública onde fosse possível e que estimava cortar até 35% das despesas em 2017. Para tanto, ainda antes de assumir o cargo formalmente, o novo prefeito iniciou um processo de renegociação de contratos, entre eles para o serviço de transporte escolar na zona rural. Segundo ele, que não indicará um assessor para essa área, contará com colaboradores.

Na área da Educação, suspendeu a compra de apostilas por medida de economia e também após ouvir os profissionais da área, que sugeriram a adoção de livros didáticos. Já na Saúde, também teve como proposta um aditamento de contrato com redução salarial de 35% aos médicos, o que foi atendido em consenso pelos profissionais. Junto à direção da Santa Casa, a Prefeitura estuda outros cortes. Hoje, a Saúde é o destino de mais de 30% do Orçamento Anual no Município.

Nenhum comentário: