segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Ribeirão Bonito recebe curso sobre conciliação e mediação

Aperfeiçoamento e capacitação devem ocorrer entre 14 e 22 de março 

Marcel Rofeal, da Redação 

Foto: Reprodução
Prestar auxílio a qualquer cidadão na tentativa de solucionar um problema sem a necessidade de uma decisão judicial. Este é o objetivo da mediação ou conciliação, um método alternativo para a resolução de conflitos. O aperfeiçoamento desta técnica, capacitação e treinamento a novos mediadores é o tema de um curso que será aplicado em Ribeirão Bonito daqui um mês, entre os dias 14 e 22 de março, nas sedes dos poderes Legislativo e Judiciário no município.

Reconhecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o curso tem como principal finalidade formar os conciliadores e mediadores para atuarem em Câmaras Técnicas e nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). Apesar de prever uma remuneração, essa atividade é considerada voluntária por não ser formalizada. O conciliador ou mediador é uma pessoa capacitada para ajudar os envolvidos no conflito a encontrarem uma solução juntos, dentro da lei.

Entre as vantagens da conciliação, estão a resolução das questões em comum acordo entre as partes, o processo é mais rápido por não haver necessidade de produzir provas, e a decisão tem força judicial por ser homologada por um juiz. O serviço é gratuito e pode atender a várias demandas, como questões de família, partilha de bens, acidentes de trânsito, dívidas com instituições bancárias, conflitos entre os vizinhos, questões relacionadas a serviços, entre outras.

Desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o curso deve ser proferido em Ribeirão Bonito na Câmara Municipal e no Fórum Judiciário da Comarca dos dias 14 a 17 de março e de 20 a 22 de março, das 19h às 23h, e no dia 18 de março, das 9h às 18h. O investimento é de R$ 617,50 à vista, ou R$ 650,00 parcelado em três vezes. Os interessados devem entrar em contato com a Joyce no Fórum de Ribeirão Bonito, de segunda a sexta, das 13h às 19h.

Nenhum comentário: