'Semo caipira memo': Carreiro & Capataz marcam encerramento da Festa do Peão de Ribeirão Bonito

Incidentes e montarias radicais marcaram etapas semifinal e final das competições. Organização já fala na 12ª edição para 2018

Público resistiu à queda de temperatura e prestigiou a quarta e última noite de festa na cidade (Marcel Rofeal/BMR)
Em uma noite de clima fresco, a arena pegou fogo no encerramento da 11ª edição da Festa do Peão de Ribeirão Bonito no último domingo (15). O quarto e último dia de evento começou logo cedo, com um desfile pelas ruas da cidade, e foi marcado pela grande final das montarias em touro, além de show com a dupla sertaneja Carreiro & Capataz. Com entrada franca, sendo o ingresso por apenas um quilo de alimento não perecível, centenas de pessoas compareceram. De acordo com a organização, o resultado do evento superou as expectativas e a edição 2018 já está sendo planejada.

No Recinto de Exposições "José Piccolo", no Jardim Heliana, os portões foram abertos por volta das 19h30 e o público foi chegando timidamente. Já passava das 20h quando o locutor Michell Tcha Tcha Tcha entrou na arena para comandar a primeira etapa das competições, a semifinal das montarias. Em um momento de oração, porém, o fogo tomou conta da arena formando um coração e as iniciais da Companhia de Rodeios RR e do município de Ribeirão Bonito. Os primeiros competidores entraram na arena pouco depois das 21h, mas imprevistos e acidentes atrasaram o cronograma do evento.

O primeiro competidor da noite foi Fernando Almeida Santos, de Charqueada (SP). Ele conseguiu se manter no touro Top de Linha pelos oito segundos, mas foi atingido pelo animal na queda e precisou de atendimento. Na terceira montaria da noite, Samuel Muniz Rossini, de Iracemápolis (SP), também conseguiu ficar por oito segundos no touro Divórcio, mas acabou prejudicado na queda. Ele não só precisou de atendimento médico como também foi encaminhado ao Pronto Socorro Municipal. Na ausência de uma ambulância, as competições foram interrompidas por razão de segurança.

Por pouco não ocorreu algo pior. João Serafim, de Sorocaba (SP), aguentou os oito segundos sobre o touro Snow Borg, mas foi atingido na queda. Os chamados "anjos da arena" foram socorrer o atleta e também passaram apuros, um deles chegou a ser arremessado pelo animal a metros de distância, mas ninguém ficou ferido e o público ovacionou a apresentação. Já na final, com a narração de Nivaldo Texano, Daniel Luís dos Santos sagrou-se campeão da Festa do Peão de Ribeirão Bonito, seguido por Fernando Almeida Santos, Vilson Grela Júnior, Samuel Muniz Rossini e Jeferson Rodrigo Angelélli.

Mas o momento mais esperado ficou por conta da dupla Carreiro & Capataz, que subiram ao palco por volta das 23h. A apresentação contou com músicas sertanejas do repertório próprio, desde a união original de Capataz com João Carreiro, às conhecidas modas raiz. Aos poucos, o público foi se dispersando e a festa se encerrando. A 11ª Festa do Peão de Ribeirão Bonito chegou ao fim por volta de 1h30 de segunda-feira (16). De acordo com os organizadores, a experiência serviu de exemplo  e inspiração para que o evento possa se repetir no próximo ano, ainda melhor para a população.
'Semo caipira memo': Carreiro & Capataz marcam encerramento da Festa do Peão de Ribeirão Bonito 'Semo caipira memo': Carreiro & Capataz marcam encerramento da Festa do Peão de Ribeirão Bonito Reviewed by Marcel Rofeal on 18:20 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.